Como Chegar



INFORMAÇÕES SOBRE COMO VOCÊ CHEGAR AO CARIRI CANGAÇO



A Gol linhas aéreas faz vôos regulares diários saindo das capitais: FORTALEZA, RECIFE, SALVADOR, SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO, BELO HORIZONTE, para JUAZEIRO DO NORTE, visite o site:
www.voegol.com.br
e boa viagem, aguardamos vocês!

        A AVIANCA faz vôos regulares      
  diários saindo das capitais: FORTALEZA, RECIFE, 
  SALVADOR, SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO, BELO 
  HORIZONTE, para JUAZEIRO DO NORTE, visite o site:
  www.avianca.com.br
  e boa viagem, aguardamos vocês!



             
Um dos principais parceiros do Cariri Cangaço  
              é o grupo empresarial EXPRESSO GUANABARA,
              empresa de renome nacional no segmento de   
              transportes, possui ROTAS saindo das principais cidades do Nordeste e chegando ao cariri do Caerá, visite o site:

www.expressoguanabara.com.br
e boa viagem, aguardamos vocês!




Se você em seu próprio veículo, saiba que o Cairi do Ceará, localiza-se no sul do estado ; as cidades anfitriãs, formam a Região Metropolitana do Cariri, tendo seu núcleo, o conhecido triângulo CRAJUBAR, formado pelas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, unidas como uma só. 
A distãncia entre elas é de cerca de 10 kms.
A região do Cariri dista cerca de 480Km de cidades como Teresina, João Pessoa, Recife, Fortaleza, Paulo Afonso e Mossoró.

Forme seu grupo, convide os amigos, divida a gasolina e venha ao Cariri Cangaço, estamos de braços abertos para recebê-los:

Se preferir visite o site:

www.guia4rodas.com.br

e faça você mesmo seu roteiro de viagem.


É isso aí, você já faz parte dessa família, a família Cariri Cangaço





URCA se prepara para o Cariri Cangaço


A URCA - Universidade Regional do Cariri através da Pró-Reitoria de Extensão, realizou nesta terça-feira, dia 25, reunião com Grupo de Trabalho sob a coordenação da Professora Arlene Pessoa; para definir as atividades da URCA dentro do Cariri Cangaço. A reunião contou com as presenças dos professores Fernando Pinto, Alexandre Lucas, Ana Cristina;da secretária de Cultura de Crato, Danielle Esmeraldo, do Assessor Yarley Tavares e do produtor cultural Kaika Luiz.Na oportunidade foi discutido a realização de mini-cursos, mostra de vídeo e cinema sobre o cangaço pelo IMAGO, palestras no salão de atos da Urca e ainda exposição na Universidade de acervo do escritor Hilário Luceti. O Cariri Cangaço terá dentro de sua programação, também apresentações de trabalhos acadêmicos. Na foto: o Coordenador do Cariri Cangaço Severo Barbosa, o Reitor da Urca, Professor Plácido Cidade Nuvens, a Pro-reitora de Extensão Arlene Pessoa e a Secretaria de Cultura de Crato, Danielle Esmeraldo.

Cariri Cangaço lança o maior concurso de redações do Cariri


O Seminário Cariri Cangaço, confirmado para os dias 22 a 27 de setembro de 2009, nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha, já movimenta a região com a realização do maior concurso de redações já promovido no cariri.

Alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio das escolas públicas e privada dos municípios de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Brejo Santo, Jardim e Aurora, já começam a se inscrever para participar do concurso. Os temas serão:
- Lampião e Padre Cícero; As Mulheres no Cangaço; A Violência no Tempo do Cangaço; Lampião no Nordeste; O Cariri no Cangaço.

As redações serão analisadas por equipes dos municípios e os vencedores,além de premiação de livros sobre o tema, terão seus trabalhos publicados no livro onde constarão os anais do Seminário.

Os municípios participantes estão promovendo uma grande Mostra de Cinema e Vídeo para os alunos interessados, como forma de fomentar a pesquisa; no último dia 19, o lançamento aconteceu com exibição de filmes no Teatro Patativa do Assaré - SESC, promoção da SBEC e Prefeitura de Juazeiro do Norte;

No último dia 20 foi a vez do município de Crato realizar o seu lançamento com Mostra de Vídeos no auditório do Centro Cultural da Rffsa, reunindo alunos do ensino fundamental II da rede pública e no último dia 24, no mesmo local, reunindo alunos da rede estadual ligados ao Crede 18.

O Seminário Cariri Cangaço, reunirá no mês de setembro mais de 70 pesquisadores e estudiosos da temática no Brasil; aos alunos interessados, procurar a sede das secretarias municipais de cultura.



Todas as Marias do Cangaço


Maria Déa, A Bonita Maria de Lampião, ou Maria Gomes de Oliveira, nasceu no dia 8 de março de 1911, no Sítio Malhada do Caiçara, em Curral dos Bois, atual Paulo Afonso, filha de José Gomes de Oliveira, conhecido como Zé Felipe e Dona Maria Joaquina, conhecida como Dona Déa. Era a segunda numa família de dez irmãos. Casou ainda muito cedo, aos 15 anos de idade com o primo, José Miguel da Silva, o Zé de Neném, sapateiro e reconhecido boêmio da região. Naquela época já era notório o forte gênio da morena filha de Zé Felipe, costumeiramente o casal estava envolvido em brigas fundamentalmente em função do ciúme de Maria. Sempre que brigavam a jovem se abrigava na casa dos pais; foi justamente em uma dessas oportunidades que em 1929 teria havido o primeiro contato de Maria Déa com o Rei dos Cangaceiros, Virgulino Ferreira. Naquele dia Virgulino passaria pelas terras do Sítio Tara do conhecido coiteiro Odilon Martins de Sá, vulgo Odilon Café, e depois se dirigiria para as terras da Malhada do Caiçara, ali por longos meses havia construído uma sólida base de sustentação em terras baianas, estava entre amigos. Ao se despedir da família de Zé Felipe se dirige à morena Maria e pergunta se sabe bordar, ato contínuo deixa alguns lenços de seda para o ofício da sertaneja, prometendo voltar em breve para buscá-los. Parece-nos que já naquele momento o destino começava a traçar suas linhas na direção da maior mudança da história do cangaço: a entrada das mulheres nos bandos cangaceiros. E assim; Maria, Durvinha, Aristéia, Moça, Adília, Dadá, Enedina, Cristina, Lídia, Eleonora, Quitéria, Adelaide, Nenem, Sila, Rosinha... mudariam para sempre a feição do cangaço nordestino de Virgulino Lampião.


Essa e muitas outras histórias sobre as Mulheres no Cangaço será o Tema da Palestra do grande pesquisador e escritor de Paulo Afonso; João de Sousa Lima, tudo isso em setembro, no I Seminário Cariri Cangaço, aqui, na região mais bonita de nosso querido Ceará.

Ex- Cangaceira Aristeia

Alto do Leitão




O Massacre do Alto do Leitão foi sem dúvidas um dos mais marcantes episódios do cangaço na região do Cariri. No dia 05 de janeiro de 1928 o último dos irmãos Marcelinos; conhecido por Lua Branca, seria barbaramente assassinado pelo grupo do sargento José Antônio, quando supostamente eram transferidos pela Estrada da Feira, de Barbalha para cadeia do Crato e dali para Fortaleza. Na oportunidade o irmão mais novo de Bom de Veras e João 22, era morto, ao lado dos companheiros João e Joaquim Gomes, Pedro Miranda e Manoel Toalha. O Cariri Cangaço, promoverá durante o evento a visita ao Alto do Leitão, como também à simpática e acolhedora Barbalha, cenário da história de Bom de Veras e seus Irmãos. Durante o seminário teremos a palestra sobre o Tema com o renomado poeta e escritor, radicado em Brasília, José Peixoto Júnior.


Chacina de Guaribas


O lendário Chico Chicote se configurou como um dos personagens mais marcantes do cangaço no Cariri. Homem de renomada valentia e coragem, respeitado por todos e inimigo confesso de Virgulino Ferreira acabou sendo vítima de um plano ardiloso que contou com a participação de seus principais inimigos da família de Sinhô Salviano; que contava com a proteção do poderoso Cel. Zé Pereira de Princesa. Por volta das sete da manhã de 01 de fevereiro de 1927, Chico Chicote teve sua Fazenda Guaribas cercada por cerca de 150 homens, sob o comando do Ten. José Gonçalves Bezerra; na tropa estavam ainda, a força de Pernambuco com Arlindo Rocha e Manuel Neto e homens de Zé Pereira. Depois de um fogo cerrado de 31 horas e com apenas Manel Caipora, Sebastião Cancão e Vicente Chicote, cai a resistência de Chico Chicote que é encontrado morto, ainda em posição de tiro. Virgulino a tudo ouviu, pois estava a pouco menos de uma légua do acontecido, mas não participou: “Se fosse amigo ia da uma retaguarda...”



O Cariri Cangaço, promoverá durante o evento a visita a Fazenda Guaribas, pertencente a Chico Chicote, como também à região que marcou o famoso cerco de 1 de fevereiro de 1927.

O Instituto Cultural do Cariri – ICC promoverá dentro do I Seminário Cariri Cangaço mostra do acervo do grande escritor Hilário Lucetti (in memorian).


O Cariri Cangaço dentro de sua extensa programação estará realizando em parceira com o ICC – Instituto Cultural do Cariri, grande exposição do acervo do escritor radicado em Crato, Hilário Lucetti; composto de fotografias, livros, vídeos e esculturas; montado ao longo de toda sua vida.


Para o presidente do ICC, Manuel Patrício, “a realização da exposição de Hilário; dentro de um evento dessa magnitude como o Seminário Cariri Cangaço, é mais que justa, resgatando a história de toda uma vida dedicada à pesquisa do tema e nós do ICC nos sentimos felizes em nos unir às homenagens prestadas a esse grande filho adotivo de Crato.” Para o coordenador do evento, Severo Barbosa, “o apoio da família Lucetti, nas pessoas de sua esposa Dona Mary Lucetti, e de seus filhos, Markus e Andréa, nos enchem de satisfação e de responsabilidade uma vez que temos por Hilário um grande respeito e uma grande admiração”.






Concurso Intermunicipal de Redação


O Seminário Cariri Cangaço Lampião: Verdades e Mentiras realizará Concurso Intermunicipal de Redação abrangendo todas as escolas públicas e privadas da região do Cariri.

Confira o Edital:

Temas para Redação


• Lampião e Padre Cícero
• As Mulheres no Cangaço
• A Violência no tempo do Cangaço
• Lampião no Nordeste
• O Cariri no Cangaço


- Quantidade de linhas para Redação - mínima 25 linhas, máximo 30 linhas;
- Texto em folha pautada ou texto digitado;
- Prazo para entrega das Redações 10 de setembro 2009;
- O aluno ou aluna deverá entregar apenas uma redação com um dos temas acima;


Comissão avaliadora das Redações:
- 3 historiadores
- 3 professores de Língua Portuguesa

Cada Município fará a avaliação prévia de:

3 Redações Nível Fundamental II e 3 Redações do Ensino Médio

- Premiação de Livros sobre Cangaço
- Publicação da Redação nos anais do I Seminário Cariri Cangaço -
- Lampião no Ceará verdades e mentiras.

Programação das Palestras


Dia 22 de Setembro de 2009 – Terça-Feira

Abertura – Teatro Municipal de Crato
18 h – Sessão Solene – ICC - Instituto Cultural do Cariri
19 h - Palestra
CANGAÇO E RELIGIOSIDADE - Lemuel Rodrigues

Dia 23 de Setembro de 2009 – Quarta-Feira

Memorial Padre Cícero – Juazeiro do Norte
18 h - Sessão Solene do ICVC - Instituto Cultural Vale do Cariri
19 h - Palestras
LAMPIÃO NEM HERÓI NEM BANDIDO - Anildomá Willians
LAMPIÃO EM JUAZEIRO DO NORTE - Napoleão Tavares Neves

Dia 24 de Setembro de 2009 – Quinta-Feira

Cine Teatro de Barbalha
18 h - Sessão Solene da SBEC
19 h - Palestras
OS MARCELINOS - José Peixoto Junior
A EPOPÉIA DE MOSSORÓ - Magérbio de Lucena
CANGAÇO - ESTÉTICA E ARTE - Paulo Moura

DIA 25 de Setembro de 2009 – Sexta-Feira

Sítio Caldeirão do Deserto – Crato
15 h - Apresentação de Vídeo Documentário
Mesa de Conversa sobre o Beato Zé Lourenço
Pesquisadores Presentes

Sala de Vídeo IMAGO/URCA
16h - Mostra de Vídeo Documentário - Cariri Cangaço


Salão de Atos da URCA - Crato
18 h - Homenagens a Personalidades
19 h - Palestras
MASSILON-Honório de Medeiros
AS MULHERES E O CANGAÇO - João de Sousa Lima
O CANGAÇO NA TEORIA SOCIOLÓGICA - Anna Christina Carvaho

DIA 26 de Setembro de 2009 - Sábado

Teatro Municipal de Crato
9 h - Palestras
O TURISMO E O CANGAÇO - Jairo Luiz
LAMPIÃO, CANGAÇO E O CORDEL-Rubinho Lima
POÇO REDONDO E O CANGAÇO DE LAMPIÃO - Alcino Costa
LAMPIÃO NO AGRESTE PERNAMBUCANO - Antônio Vilela

Salão de Atos da URCA - Crato
15 h - Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
Comissão Acadêmica URCA
Comissão Técnica SBEC
17 h – Discussão Técnica
O CANGAÇO SOB O OLHAR DA LEI
Pesquisadores Presentes

Memorial Padre Cícero - Juazeiro do Norte
18 h - Lançamento Vídeo Documentário - Angico – Aderbal Nogueira
19h - Palestras
ANGICO - Antonio Amaury Corrêa de Araújo e
Leandro Cardoso Fernandes

DIA 27 de Setembro de 2009 - Domingo

Salão Paroquial – Missão Velha
9 h - Palestra
MISSÃO VELHA E O CANGAÇO DE VIRGULINO FERREIRA – Bosco André

*Programação sujeita a alterações.

Apresentação

Natureza...


O Cariri Cangaço é um evento de cunho turístico-cultural e histórico-científico que reúne os mais destacados pesquisadores e historiadores das temáticas; cangaço, coronelismo, misticismo, messianismo e correlatos ao sertão e ao nordeste, do Brasil, configurando-se em seu oitavo ano de realização , como o maior e mais respeitado evento do gênero no país. 


Formato...

Com um formato específico; de caráter itinerante, reúne a partir de uma programação plural, dinâmica e universal, personalidades locais, regionais e nacionais; do universo da pesquisa e estudo das temáticas ligadas ao Cangaço, Tradições e Histórias do Nordeste, em conferências e debates, visitas técnicas e acadêmicas; mostras de cinema , vídeo e documentários, exposições de arte, latada do livro; com lançamentos e feiras literárias. 

O Cariri Cangaço atualmente se configura como o maior e mais respeitado fórum de debates e aprofundamento sobre temas ligados ao Nordeste; Cangaço, Messianismo, Coronelismo, Religiosidade, Tradição, Cultura, Musica , Culinária e Estética, unidos a partir de um evento único no Brasil e no mundo.


Inovação...

No ano de 2013, o Cariri Cangaço rompeu as barreiras do Ceará e começou sua expansão e descentralização; se estabeleceu inicialmente em mais dois estados da federação: Paraíba e Alagoas inaugurando mais um empreendimento vitorioso com a marca Cariri Cangaço. Já em 2015 novamente mais dois municípios da Paraíba, as tradicionais Princesa Isabel e São José de Princesa, e logo depois Sergipe viria a somar à Família Cariri Cangaço com o município de Poço Redondo. Em 2016 o Cariri Cangaço chegava ao quinto estado: Pernambuco com o município de Floresta em Maio e e Julho foi a vez de Água Branca também em Alagoas, consolidando o Cariri Cangaço como o maior e mais respeitado evento do gênero no Brasil.

Sedes...

Atualmente já são sedes oficiais do Cariri Cangaço, os municípios; no Ceará - Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Aurora, Barro, Porteiras e Lavras da Mangabeira ; na Paraíba - Sousa, Nazarezinho e Lastro, Princesa Isabel e São José de Princesa e em Alagoas, Piranhas, e Água Branca; em Sergipe, Poço Redondo e Floresta no estado de Pernambuco.

Futuro...

No Ceará, as cidade de Brejo Santo,Mauriti, Jati e Jardim se unem ao elenco de cidades do cariri cearense que deverão inaugurar suas participações nos próximos Cariri Cangaço.  Iniciativas ousadas também deverão contemplar a região cearense dos Inhamuns com Crateús, Tauá e Aiuaba, e o sertão central: Quixadá e Quixeramobim, se inserem no contexto de futuras realizações do Cariri Cangaço.

Os estados do Rio Grande do Norte com Mossoró, Marcelino Vieira e Patu , se configuram como um enorme e encantador desafio; Pernambuco vem com força total com os cenários espetaculares de Exu e Serrita, além da bela Triunfo e o ousado Projeto de Petrolina; já a Paraíba com Catolé do Rocha, Cajazeirinha e Pombal, se fortalecem dentro da Família Cariri Cangaço para os próximos anos .

A Bahia chega forte com Paulo Afonso e Sergipe traz Propriá e Glória para se unir a Poço Redondo, na mais autentica demonstração da integração da alma nordestina.

Capitais...

Outro ousado projeto com a Marca Cariri Cangaço é a chegada do empreendimento às capitais nordestinas. Em 2017 possivelmente João Pessoa terá o Cariri Cangaço sob uma nova formatação, própria para o ambiente e o público das capitais. Nos anos seguintes:Teresina, Natal, Fortaleza, Recife, Aracaju e Salvador.

Além Mar...

A mais surpreendente de todas as iniciativas Cariri Cangaço, sem dúvidas guarda também sua estréia para o ano de 2017 . O Projeto do Cariri Cangaço "Além Mar", espetacular empreendimento de levar o Cariri Cangaço para a Europa, principalmente para a Península Ibérica, Portugal e Espanha. As tratativas já se iniciaram ainda neste 2016 para perspectivas positivas até o segundo semestre de 2017 em Lisboa, primeira experiência internacional do Cariri Cangaço.

O tempo não pára e são muitos os desafios do Cariri Cangaço  iniciativas ousadas e que possuem um único objetivo: Fomentar a perpetuação da Memória de nosso sertão. Anotem estes nomes: Exu, Serrita, Triunfo e Petrolina em Pernambuco; Delmiro Gouveia em Alagoas, Catolé do Rocha, Pombal e Cajazeirinha na Paraíba; Brejo Santo, Mauriti, Jardim, Tauá, Aiuaba, Crateús e Quixeramobim no Ceará, Paulo Afonso na Bahia, Poço Redondo, Propriá e Glória em Sergipe, além do espetacular Projeto do Cariri Cangaço Capital !!! Nos aguardem...

Nosso legado é estabelecer de forma concreta o Cariri Cangaço como indutor forte do fortalecimento de nosso memória e historia. Hoje o Cariri Cangaço se traduz como a mais surpreendente e vitoriosa iniciativa do gênero, integrando todo o território nordestino em torno do tema central :Cangaço e Nordeste.

Cariri Cangaço uma construção de muitas mãos, e muita emoção...

Manoel Severo
Presidente do Conselho Curador 
Cariri Cangaço


CARIRI CANGAÇO DO BRASIL


O Cariri Cangaço é uma promoção do Instituto Cariri do Brasil; uma realização dos municípios parceiros e instituições culturais.
Tem o apoio da SBEC - Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço, do GECC - Grupo de Estudos do Cangaço do Ceará,  GPEC - Grupo Paraibano de Estudos do Cangaço; GFEC- Grupo Florestano de Estudos do Cangaço. Possui uma Diretoria Executiva, um Conselho Consultivo composto por até 50 componentes e um Curador.
Para participar não é necessário inscrições prévias e nem são cobradas nenhum tipo de taxa.


Manoel Severo.

Curador e Coordenador 







          
Visite também a Aba Superior de nosso blog e nas páginas de cada evento, acompanhe toda a programação , conferências, convidados, 
visitas, mesas temáticas e 
fotos de todas as edições.