Poço Redondo em Festa se Despede do Cariri Cangaço 2018


O terceiro e último dia de Cariri Cangaço Poço Redondo contou com uma intensa agenda ainda pela manhã no vizinho município baiano de Pedro Alexandre, a Serra Negra dos irmãos Carvalho: João Maria e Liberato, pela primeira vez o Cariri Cangaço pisava em terras baianas. O período da tarde e da noite reservava os momentos finais e igualmente emocionantes de nossa presença no inigualável Cariri Cangaço Poço Redondo 2018, pisando o chão sagrado de Alcino Alves Costa.
o
Há um Templo da Verdadeira Alma Nordestina, esse templo tem nome e endereço: Memorial Alcino Alves Costa, no centro da cidade de Poço Redondo em Sergipe. Aqui se reverencia a memória do grande Caipira de Poço Redondo, do espetacular pesquisador, poeta, escritor, apaixonado pelo sertão e pelo seu chão, Alcino. Por volta das 15 horas a Caravana Cariri Cangaço realizava a visita oficial dentro de sua programação ao Memorial que mantém viva e materializada não só a obra e o legado de Alcino, mas e principalmente seu sentimento de amor ao sertão, sob a recepção de Rangel Alves da Costa, filho e mantenedor do memorial.
o
Ivanildo Silveira e Carlos Alberto : Memorial Alcino Alves Costa
 

 Ivanildo Silveira e as relíquias presenteadas ao Memorial
Edvaldo Feitosa, Ivanildo Silveira, Rangel Costa, Manoel Severo, Manoel Serafim 
e Wescley Rodrigues

Ivanildo Silveira, Rangel Alves da Costa e Antônio Vilela
 
 Caravana Cariri Cangaço visita Memorial Alcino Alves Costa
 
o
No primeiro momento, em nome do Conselho Curador, o pesquisador e colecionador do cangaço Ivanildo Silveira fez a entrega ao mantenedor do Memorial, pesquisador e escritor; filho de Alcino; Rangel Alves da Costa; de um conjunto de bornais e cartucheiras como também punhal da época do cangaço para o acervo do Memorial. Por mais de uma hora os visitantes de todo o Brasil puderam conhecer as dependências do memorial e todo o seu espetacular acervo, composto das obras, de objetos, de artefatos e de fotografias, inúmeras,uma imensidão de fotografias, todo o acervo retratando a memoria de Alcino Alves Costa.
o
Manoel Severo sauda os visitantes no Memorial
o
Já em suas palavras, o curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo destacou a vital participação de Alcino na construção e consolidação do empreendimento Cariri Cangaço, "estive aqui em Poço Redondo muitas vezes, a primeira em 2007, Alcino esteve conosco desde os primeiros passos e seu sonho era trazer o Cariri Cangaço para o sertão que ele tanto amava, posso dizer a todos que aqui se encontram, se o Cariri Cangaço possui uma casa, essa casa é o Memorial Alcino Alves Costa".

Do Memorial Alcino Alves Costa a caravana Cariri Cangaço seguiu para a inauguração do Centro de Artesanato Manoel Dionízio da Cruz. O espaço patrocinado e disponibilizado pela prefeitura municipal de Poço Redondo reúne em um mesmo local um centro de informações turísticas e um centro comercial onde podemos encontrar o mais refinado e talentoso artesanato poço-redondense. A solenidade contou com a presença do prefeito Junior Chagas, do curador do Cariri Cangaço Manoel Severo, de artesãos do município e de pesquisadores de todo o Brasil. Ao final ainda houve um show com a cantora Toinha do Cajueiro.
o
 
Leonardo Gominho e  Bruno Marques 
 
Manoel Belarmino, Manoel Severo e Prefeito Junior Chagas
 
Mestre Tonho
Toinha Cajueiro
o
Logo após a inauguração do Centro de Artesanato e de Informações Turísticas a caravana Cariri Cangaço se deslocou por cerca de 100 metros para também na Rodovia principal de Poço Redondo, inaugurar a remodelação de um dos mais significativos marcos turísticos do município, a Praça Lampião; criada ainda em 1988 pelo prefeito Alcino Alves Costa e reformada pelo prefeito Frei Enoque em 1998, agora remodelada pelo prefeito Junior Chagas.
o
 Manoel Severo e Prefeito Junior Chagas na reinauguração da Praça Lampião

Remodelada e urbanizada a partir de conceitos e arquitetura modernos , com nova iluminação e paisagismo mas mantendo o mesmo padrão da época de sua construção,  a nova Praça Lampião resgata e fortalece o cuidado do município com a sua própria história e a grande representatividade que a temática cangaço tem para seu povo. "Aqui não enaltecemos o cangaço como movimento armado nem mesmo Lampião e sua saga cangaceira, aqui com a restauração da Praça Lampião, como sua nova e moderna roupagem, traz o cuidado da gestão em consolidar a história do município" revela um entusiasmado prefeito Junior Chagas.
o
 Manoel Severo na inauguração do Marco de Alcino Alves Costa
 Prefeito Junior Chagas, Manoel Severo e Padre Agostinho
 
Marcial Alves Costa fala em nome da Família
 
Prefeito Junior Chagas, Vandinha e Vera Costa e Marcial Alves Costa
 
Ivanildo Silveira fala na inauguração do Marco Alcino Alves Costa
o
Seguindo o rosário de inaugurações dentro do Cariri Cangaço Poço Redondo 2018, perto das 18 horas houve a inauguração do Marco em homenagem a Alcino Alves Costa na avenida que leva o nome do homenageado. Com a presença maciça de familiares do homenageado, a inauguração marcou um dos momentos mais emocionantes da programação.
o
Rita Pinheiro, a "Garimpeira da Cultura" abrindo a terceira noite de 
Cariri Cangaço Poço Redondo 2018 
o
A terceira e última noite de Cariri Cangaço Poço Redondo 2018 marcou novamente um público recorde presente à Arena Cariri Cangaço na Praça de Eventos quando a noite foi dedicada a Alcino Alves Costa. Novamente as apresentações artísticas deram a tônica festiva ao evento, quando o talento poço-redondense se destacou antes e depois da programação solene do palco do evento. As apresentações da Escola de Música e Sanfonas, da cantora Val Santos e do Grupo de Xaxado Na Pisada de Lampião, sob a maestria e o talento de Beto Patriota, além da baiana Rita Pinheiro, a "garimpeira da cultura" fizeram o público delirar diante da música e do ritmo predominantemente nordestino e de raiz.
o
Junior Chagas e Manoel Severo
Manoel Severo dando as boas vindas ao espetacular público da terceira noite de 
Cariri Cangaço Poço Redondo 2018
Prefeito Junior Chagas e abertura da terceira noite na Arena Cariri Cangaço 
em Poço Redondo
Escola de Música e Sanfonas saúdam o grande público na praça de eventos
 
O público tomou conta da última noite de Cariri Cangaço em Poço Redondo
Padre Mário Cesar recebe Diplomas das mãos do Prefeito Junior Chagas 
e do Padre Agostinho
o
A abertura da noite com o prefeito Junior Chagas e Manoel Severo, juntamente com o presidente do Memorial Alcino Alves Costa, pesquisador Rangel Alves da Costa e do presidente da Comissão Local, Manoel Belarmino, marcou a homenagem do Conselho Cariri Cangaço aos filhos de Poço Redondo que fizeram parte desta forte saga que foi o cangaço, nada mais que 32 filhos do lugar fizeram parte das hostes cangaceiras, considerando o inicio dos anos 30 e em pleno sertão sergipano, podemos dizer que um numero considerável de famílias de Poço Redondo acabaram se vendo envolvidas com o cangaço de Lampião. Nesta mesma noite foi homenageado com Diploma de Honra ao Mérito do Cariri Cangaço o Padre Mário Cesar.
o
Diplomas do Cariri Cangaço: Homenagens às família e aos filhos de Poço Redondo, personagens da sangrenta guerra do sertão...
Escritora Elane Marques e a homenagem a familiares de Sila e seus irmãos 
Inácio filho de Zé de Julião recebe a homenagem ao pai das mãos de Edvaldo Feitosa 
Rangel Alves da Costa e a homenagem a família de Enedina
o
Rangel Alves da Costa revela: "Segundo os relatos históricos, Lampião parecia mesmo ter escolhido Poço Redondo como uma segunda casa sua. A primeira era a caatinga, com varanda de xiquexique e assento de mandacaru. Mas a família era grande, era muita, espalhada por todos os sertões nordestinos. E em Poço Redondo mantinha amigos fiéis, tinha acolhida, comida à mesa, tudo o que precisasse. E também a simpatia de tantos jovens que decidiram entrar para o seu bando.Num misto de temor e reverência, aliado ao fato de que o homem sempre estava por ali desafiando as volantes, verdade é que mais de trinta filhos de Poço Redondo seguiram a trilha do bando de Lampião. Mocinhas muitas novinhas, ainda na adolescência, se encantavam com aqueles “artistas” das caatingas e seguiam seus destinos de amor cangaceiro. Assim foi com Adília, Sila, Enedina, Rosinha e outras. Dentre os meninos de Poço Redondo estavam, por exemplo, Cajazeira, Canário, Elétrico, Mergulho, Novo Tempo e Zabelê."
o
Poço Redondo emprestou 32 filhos às hostes cangaceiras de Virgulino Ferreira...
o
E continua Rangel, "Os alfarrábios da história assinalam que os seguintes filhos de Poço Redondo seguiram Lampião e seu bando, segundo seus apelidos e nomes:Homens: Sabiá (João Preto), Canário (Rocha), Diferente (Nascimento), Zabelê (Manoel Marques da Silva), Delicado (João Mulatinho), Demudado (Zé Neco), Coidado (Augusto), Cajazeira (João Francisco do Nascimento – Zé de Julião), Novo Tempo (Du), Mergulhão (Gumercindo), Marinheiro (Antonio), Elétrico, Penedinho (Teodomiro), Bom de Vera (Luis Caibreiro), Beija Flor (Alfredo Quirino), Moeda (João), Alecrim (Zé Rosa), Sabonete (Manoel), Borboleta (João Rosa), Quina-Quina (Jonas), Ponto Fino (José da Guia), Zumbi (Angelino), Cravo Roxo (Serapião), Cajarana (Francisco Inácio dos Santos – Chico Inácio) e Azulão (Luis Maurício da Silva). Um total de 25 cangaceiros.Mulheres: Sila (mulher de Zé Sereno e irmã de Novo Tempo, Mergulhão e Marinheiro), Adília (mulher de Canário e irmã de Delicado), Enedina (mulher de Cajazeira, o Zé de Julião), Dinda (mulher de Delicado), Rosinha (mulher de Mariano), Áurea (mulher de Mané Moreno) e Adelaide (mulher de Criança, irmã de Rosinha e prima de Áurea). Um total de 7 mulheres."
o
 Manoel Belarmino recebe em nome da família de Áurea
Junior Chagas entrega a representante da família de Zabelê
 Marcial Costa e a homenagem a família do coiteiro Manoel Félix
Archimedes Marques e o Diploma para família do ex-coiteiro Messias Caduda 
Louro Teles e o Diploma à familia das ex-cangaceiras, Rosinha e Adeláide
Antônio Vilela entrega o Diploma a representante da família de Adauto Félix
o?
Por mais de trinta minutos os familiares e representantes desses importantes personagens da história do cangaço, filho de Poço Redondo, foram ao palco principal da Festa Cariri Cangaço Poço Redondo 2018 para receber das mãos da autoridades e de pesquisadores de todo o Brasil seus Diplomas de "Família que Faz Parte da História do Cangaço no Brasil"; um reconhecimento e um resgate à memória desses homens e mulheres, muitos deles ainda criança, que por um motivo ou por outro acabaram se envolvendo nesta saga penosa e cheia de dor que foi o cangaço. Receberam seus Diplomas familiares dos ex-cangaceiros Sila, Novo Tempo , Mergulhão e Marinheiro; de Adília e Delicado ; de Cajazeira, o Zé de Julião; de Enedina , Rosinha e Adelaide, Áurea, Zabelê, Canário e também dos ex-coiteiros, Manoel e Adauto Félix e ainda Messias Caduda.
o
O encanto a magia e o talento de Val Santos
 
o
Val Santos e a sensacional Música de Raiz: Talento, arte e sensibilidade invadiram a Arena da Praça de Eventos na noite de encerramento do Cariri Cangaço Poço Redondo 2018.

Rangel Alves da Costa e o Legado de Alcino Alves Costa
Rangel Alves da Costa, Manoel Severo e Marcial Alves Costa
 Ivanildo Silveira e o depoimento sobre Alcino Alves Costa
 Ana Lucia Souza e o depoimento sobre Alcino Alves Costa
José Bezerra Lima Irmão e o depoimento sobre Alcino Alves Costa
 Archimedes Marques e o depoimento sobre Alcino Alves Costa
 Edvaldo Feitosa e o depoimento sobre Alcino Alves Costa
Maria Oliveira e o depoimento sobre Alcino Alves Costa 
o
A terceira e última noite de Cariri Cangaço Poço Redondo 2018 foi dedicada inteiramente à memória de Alcino Alves Costa. Durante toda a programação da noite, depoimentos se sucederam ressaltando a obra e o legado de Alcino. Familiares, amigos, companheiros de Cariri Cangaço e vaqueiros da história contavam um a um as lembranças e todo o aprendizado ao lado do imortal Caipira de Poço Redondo. Representando o Conselho do Cariri Cangaço falaram dentre outros; Ivanildo Silveira, Louro Teles, Edvaldo Feitosa, Ana Lúcia Souza e Archimedes Marques. Ao final da festejada última noite de Cariri Cangaço Poço Redondo 2018 a Arena Cariri Cangaço, montada na Praça de Eventos contou com a espetacular apresentação do Grupo de Teatro e Xaxado "Na Pisada de Lampião" do multi artista Beto Patriota.

Manoel Severo, Beto Patriota e Ingrid Rebouças
Grupo de Teatro e Xaxado "Na Pisada de Lampião" encerrou 
o grande Cariri Cangaço Poço Redondo 2018
 Grupo de Teatro e Xaxado "Na Pisada de Lampião" encerrou 
o grande Cariri Cangaço Poço Redondo 2018
o
Cariri Cangaço Poço Redondo
Praça de Eventos - Poço Redondo, Sergipe
16 de Junho de 2018
Fotos de Ingrid Rebouças e Louro Teles

o