Fazenda Piçarra marca história do cangaço no Cariri

Severo, Dr. Napoleão e Vilsinho-Neste local Sabino foi baleado.
Antonio Leite Teixeira, ou "seu Ontoin da Piçarra", proprietário e principal personagem dessa verdadeira saga que coloca a Fazenda Piçarra dentre os principais cenários da historiografia cangaceira no Cariri. Tendo uma vida toda marcada pelo paradoxo de "ser ou não ser" ligado aos cangaceiros, Seu Antonio da Piçarra, passou boa parte de sua vida mantendo forte ligações com cangaceiros, preponderantemente Lampião; em sua "Piçarra" o capitão era acolhido e por lá, passaram algum tempo, Ezequiel e Virgínio, até que em Março de 1928, Lampião teria sido surpreendido nas terras da Piçarra pela volante de Arlindo Rocha e Manel Neto, ali Sabino Gomes seria baleado o que provocaria sua morte, e naquele dia, seu Antonio da Piçarra,ganharia seu mais ferrenho inimigo: Virgulino Ferreira - Lampião.

Ivanilda, flha de Antonio da Piçarra

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns,Fico Mt Feliz Pela Iniciativa,Um Tempo q o Tempo n Esquece!!!!
Abs



Ass; Marcus Vinícius (Filho d Ivanilda, Neto d Antonio Teixeira)

Anônimo disse...

Parabens Severo, pelo belíssimo trabalho frente ao Cariri Cangaço.
A historio do cangaço no cariri cearense, será visto com outros olhos, e devemos isto ao seu trabalho e de toda sua equipe.
Um forte abraço e sucesso.

Assis Nascimento

Mendes e Mendes disse...

Confrade Severo:
Espero que mais outros informes o amigo entregará a nós, fanáticos e estudantes da Empresa de Cangaceiros Lampiônica & Cia.
Sem dúvida, aos poucos, iremos montando o dominó do cangaço.
Valeu!
José Mendes Pereira -Mossoró-Rn.