Em São Paulo a alegria de reencontrar a família de Antonio Amaury

.
 Dona Renê, Danielle Esmeraldo e Antonio Amaury

Na última semana, aproveitando um pequeno descanso entre o primeiro e o segundo turno de nossas eleições presidenciais, estivemos, eu e Danielle, na cidade de São Paulo. Ali, além de participarmos de compromissos de natureza particular, tivemos a oportunidade de reencontrar a família Correa de Araujo. Capitaneados pelo amigo Antônio Amaury, sua maravilhosa e elegante esposa, dona Renê, os filhos Carlos e Junior além dos netos, matamos a saudade da simpática e estimada família em momentos extremamente agradáveis.

 Manoel Severo e Carlos Elydio

De novidade, além da saudade do "grande encontro que foi o Cariri Cangaço", segundo Amaury;"momento em que se encontram amigos e se controem novas amizades"; a informação da produção de dois novos livros do Mestre, um deles novamente em parceria com o filho, o escritor Carlos Elydio. Segundo Carlos, "podem esperar uma obra diferente, instigante, dentro de algum tempo estaremos colocando na editora". Bem, temos a certeza de mais um grande sucesso com a marca Antônio Amaury.

Do encontro em São Paulo ficou a confirmação de uma outra visita em Novembro, desta vez com um pouquinho de tempo, primeiro para conhecer mais de perto o acervo de Antônio Amaury e também promover um encontro com os "apaixonados pelo cangaço" da capital paulista, reunidos pelo anfitrião. Valeu.

Manoel Severo
.

2 comentários:

Anônimo disse...

Noticia alvissareira, nova obra de Antonio Amaury que pelo seu passado e pelo grande acervo que o professor possui em sua residencia em são paulo, é de se esperar com ansiedade. esperamos também algo novo, pois muitas vezes as obras do cangaço são "chover no molhado"

SDS

Marcos Brito

Marcos Assunção disse...

Doutor Antonio Amaury, receba o abraço do Ceará, estamos aguardando sua nova obra.
Abraços,
ASSUNÇÃO