O dono da Passagem Por:Lampião Aceso

.
Tomaz Cisne, Carlos Eduardo, Ângelo Osmiro e Afrânio

"2001 foi um ano importante para a rota do cangaço em Pernambuco. Uma certa propriedade localizada no povoado São Domingos, as margens do riacho São Domingos e aos pés da Serra Vermelha estava com placa de venda. Era um sítio, mas não era um sítio qualquer era a Passagem das Pedras que um dia pertenceu à dona Jacosa a avó de Virgulino. Neste local o jovem foi criado e educado por ela. O valor imobiliário estava ao alcance de muitos conterrâneos do antigo e ilustre morador, mas o valor histórico não estava sendo considerado. Quem sabe a cancela e a memória fossem fechadas para sempre aos estudiosos e curiosos do assunto? Carlos Eduardo Gomes pensou assim e adquiriu o lugar....

Lampião Aceso entrevistou o "cangaceiro carioca" durante o Cariri Cangaço 2010.


Qual o livro preferido de Carlos Eduardo?
Como já relatei O livro de Chandler que me introduz nesta saudável confraria. Mas o trabalho que considero a de maior importância na literatura é sem dúvida Guerreiros do Sol do Frederico Pernambucano.

Qual o capitulo?
A polêmica morte de Lampião em 1938. Polêmica porque me diverte: Chego a comparar com a convocação da seleção brasileira... Ninguém está satisfeito, não se chega a uma conclusão. Tem sempre uma tese tentando explicar o porquê daquele acontecido. Por que Lampião estava distraído? Houve ou não envenenamento? Olha, eu tenho convicção que se tivéssemos a presença de uma câmera registrando toda a cena, ainda não seria suficiente para evitar estas opiniões contraditórias. Pensando bem se acabar... perde a graça.

Trecho da fantástica entrevistra concedida pelo amigo Carlos  Eduardo Gomes ao amigo Kiko Monteiro, por ocasião do Cariri Cangaço 2010. Para ver toda a entrevista e conhecer um pouquinho mais de nosso "Cangaceiro Carioca" , visite lampião aceso:


Abraço fraterno aos amigos, Carlos Eduardo Gomes e Kiko Monteiro

Manoel Severo
..

5 comentários:

Marcos Assunção disse...

Caro Severo e amigos da SBEC, não sabia deste episodio da compra da Passagem das Pedras pelo escritor Carlos Eduardo, confrade que me acostumei a acompanhar pelas postagens e comentários neste blog, foi uma grata surpresa. Parabens ao Carlos Eduardo, iniciativas com a sua devem ser ressaltadas e aplaudidas, nossa cultura agradece.

Parabens ao amigo.

Assunção

Anônimo disse...

Parabens ao Carlos Eduardo pela coragem da iniciativa que hoje vem a permitir quemuitos possam conhecer a Fazenda onde Virgulino passou a infancia.

Abraços,

Leonardo Lima

Yuri Luna disse...

Estive visitando a Passagem das Pedras, sendo conduzido de forma brilhante´pelo senhor Anildomá e equipe do xaxado Cabras de Lampiao, fantastico.
Não sabia que pertencia ao senhor Carlos Eduardo. Parabens pela iniciativa maravilhosa de preservação de nossa história, sensacional. Deveríamos ter mais investimentos da área pública para a preservação de nosso patrimonio.
Mas já que estamos falando de Serra Talhada, não entendo como Nazeré não está fazendo parte da Rota do Cangaço em Pernambuco......

YURI

Anônimo disse...

É brincadeira......colocar outros municipios de até menor expressão dentro do cangaço e excluir Nazaré e Floresta!!!! Só pode ser brincadeira!!!!! Injustiça grande com o valoroso povo da terra do Ten João Gomes de Lira.

Renato

Anônimo disse...

Que maravilha é saber que um lugar tão importante para o Cangaço não tenha caido no esquecimento. Parabens ao Carlos Eduardo pela aquisição do Sítio Passagem das Pedras, onde nasceu o nosso eterno Capitão Virgulino.

Francisco Félix