Filha de peixe...peixinho é !!!! Por:Bárbara Medeiros

Tendo um pai profundamente envolvido com o estudo do cangaço, era de se esperar que eu soubesse bastante sobre o assunto. Mas não, na verdade. E aqui, aproveito para ressaltar a importância de ensinar corretamente as matérias para crianças.

Quando eu tinha uns sete anos, meu pai já demonstrava sinais de seu amor pelo cangaço. Quando eu soube que iria estudar exatamente isso, podem imaginar a minha alegria: Finalmente iria entender as conversas extremamente sem sentido (para mim) mas interessantes (para meu pai e seus amigos) sobre o assunto. Eu deixaria de ser uma “outsider” na conversa.

Pois bem. Qual não foi a minha decepção quando eu descobri que dessa matéria tão importante para a história não só da nossa região, mas também do nosso país, só havia um parágrafo no fim de uma página constituído de quatro linhas. E nenhuma das quatro continha uma informação verdadeira. Eu aprendi, ainda cedo, na escola, que o cangaço era um movimento liderado pelos cangaceiros contra seus coronéis, que matavam seus pais e se recusavam a pagar dinheiro pelos serviços feitos pelos cangaceiros. Então, revoltados, eles invadiam as casas dos tais coronéis, tocavam fogo, estupravam suas mulheres, roubavam seu dinheiro e pegavam seus filhos para eles se tornarem cangaceiros também.


Eu precisei que o meu pai explicasse o cangaço umas seis vezes para que eu finalmente entendesse. Talvez eu nunca chegue a entender completamente. A imagem daquele parágrafo no fim da página falando dos cangaceiros tão erradicamente ainda invade os meus pesadelos, pois o meu maior medo é que outras crianças venham depois de mim e acreditem piamente no que o livro disse. Talvez elas não tenham seus pais para explicar a verdade. Talvez elas cresçam com a informação errada. Talvez morram sem nunca descobrir a verdade, sem nunca entender a importância desse movimento para a história do seu país. Quem sabe?

Bárbara de Medeiros

NOTA CARIRI CANGAÇO: Bem; para quem não conhece, permita apresentar essa pequena sobrinha que é puro encanto, em todos os sentidos. Pela inteligência, pela sensibilidade, pela dedicação em tudo o que faz e principalmente pelos muitos talentos que possui. Bárbara tem 13 aninhos de vida, mas que poderia  ser 13 mil... diante de tanta Luz e Força que imprime à sua vida; é filha de Michaela e de Honório de Medeiros, e é uma das convidadas especiais do Cariri Cangaço 2011.

6 comentários:

Honório de Medeiros disse...

Severo, desse jeito vc massacra o coração de um pai amoroso...

Obrigado pela gentileza sem igual, amigo.

Vc é um fidalgo!

Um grande abraço,

Honório de Medeiros

Barbie disse...

Muito obrigada, tio! É uma honra ter o meu texto publicado aqui, e ainda mais com um comentário tão bonito quanto o que você colocou! Espero ansiosamente pelo nosso próximo encontro.

Aderbal Nogueira disse...

Bárbara. Realmente não negas a origem. Que bom se todas as crianças se interessassem desde cedo pela nossa história. Ao invés de serem somente como diz Lobão "A geração Shopping center". Parabéns, e que isso sirva de exemplo. Aderbal Nogueira

IVANILDO SILVEIRA disse...

VALEU BÁRBARA !

ESCREVEU POUCO E DISSE MUITO....COMO UMA GAROTA INTELIGENTE E ESTUDIOSA COMO VOCÊ É, E, FILHA DE QUEM É, SÓ PODERIA SAIR UM "TEXTO" PRECIOSO COMO ESTE,ACIMA POSTADO....

AH ! SE AS CRIANÇAS/ADOLESCENTES DO NOSSO PAÍS FOSSEM INFORMADAS SOBRE A VERDADEIRA HISTÓRIA DO NOSSO POVO..

PARABÉNS MENINA !! VOCÊ É UMA GRAÇA..
ABRAÇO NO SEU PAI, E, EM TODOS OS AMIGOS DO CARIRI-CANGAÇO..
ATÉ BREVE.
IVANILDO SILVEIRA

Anônimo disse...

Parabens professor Honorio, pelo trabalho e pela filha.

Regia Campos

Helio disse...

Senhor Honorio de Medeiros, receba nossos cumprimentos pela filha, que pelo jeito segue os caminhos do pai

professor Mario Helio