Começa em Crato a Terceira Edição do Cariri Cangaço

Aberto na noite desta terça-feira, no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva, a terceira edição do Cariri Cangaço. Todas as edições foram abertas no município e acontecem de forma itinerante em sete cidades da região, este ano. O evento tem a curadoria do mais novo cidadão cratense, Manoel Severo, que recebeu, também na noite de ontem, o Título de Cidadania Cratense, por meio de projeto de lei do vereador Elder França, o Guer.

Mais de 120 estudiosos e um público estimado em 1.500 pessoas deverão participar da programação do Cariri Cangaço até o próximo dia 25. Este ano, a temática também gira em torno de fatos históricos relevantes da região, destacando grandes personalidades. Exemplo disso aconteceu com a palestra sobre a heroína nacional, Bárbara de Alencar, a pernambucana que adotou o Crato como sua terra natal. A palestra foi ministrada por Salete Libório e debatida por historiados do município cratense, com apresentação do vereador George Macário, autor de projeto de lei que leva a história da cidade para as salas de aula do município.

 
A Secretaria de Cultura, Esporte Juventude do Crato é um dos principais órgãos apoiadores do evento, desde o nascedouro. Com isso, o Crato passa a ser sede do maior evento que trata do tema do cangaço, no País. A abertura oficial foi proferida pelo vice-prefeito do Crato, Raimundo Bezerra Filho, que na ocasião esteve representando o prefeito Samuel Araripe. Secretários municipais, como Daniele Esmeraldo (Cultura), e Valentim Dantes (Educação) estiveram na solenidade de abertura. Em seguida, foi aberta a exposição Cangaceiros, na galeria de artes da RFFSA, que é a maior já exposta sobre o tema do cangaço, com mais de 120 fotografias, com grande acervo, pertencente a Abafilm. A mesma exposição esteve em Paris.

Prefeito em exercício Raimundo Filho e Esposa, Sra. Daniela Bezerra
Sawanna e Yarley, Mestres de Cerimonia
Teatro Salviano Arraes em Crato
Secretária Danielle Esmeraldo
Manoel Severo
Mesa para Bárbara de Alencar
George Macário e "Cangaseixas"

O primeiro debate, sobre a heroína Bárbara de Alencar contou com a presença de Salete Libório, Prof. Alexandre Lucas, Historiadora Alessandra Bandeira e o Ex-Pres. da Fundação J. de Figueiredo Filho e pesquisador da vida de Bárbara de Alencar, George Macário. No final, um jantar foi servido no Largo da RFFSA aos convidados de 17 Estados da Federação, como também a Abertura da Exposição Cangaceiros, de Ricardo Albuquerque no Largo da RFFEA.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Crato
Fotos: Dihelson Mendonça
Blog do Crato

Um comentário:

Inaldo Araújo disse...

Que espetacular essa abertura. Parabéns aos idealizadores. A cada edição muito mais conteúdo, ideias, compromisso com a HistÓria, do Cangaço, do Cariri! PARABÉNS !!!!!!