Cariri Cangaço Presente na Festa de Aniversário da Rádio Educativa do Povo em Aurora


Glória Tavares e Bosco André

Manoel Severo, Danielle Esmeraldo, Glória Tavares, Jussara Macedo e Bosco André participaram de edição especial do Jornal da Rádio Educativa do Povo, em Aurora; na data em que a Rádio completava seus três anos de aniversário ; com uma entrevista completa sobre a edição 2010 do Cariri Cangaço.


Bosco André, Luiz Domingos e Manoel Severo



Glória Tavares e Manoel Severo

Comunicador Sandro Lopes

Glória Macedo e Danielle Esmeraldo

Na oportunidade, o programa contou ainda com a participação do professor Luiz Domingos de Luna, reconhecido intelectual caririense e ainda do comunicador Sandro Lopes, grandes entusiastas do Cariri Cangaço. Foi ressaltado por todos os presentes o ineditismo do empreendimento Cariri Cangaço , em reunir numa única  iniciativa cinco dos maiores municípios da região, uma universidade; URCA e ainda os maiores Institutos Culturais do cariri.

Logo após o Programa Especial do Cariri Cangaço na Rádio Educativa do Povo, a caravana partiu para a visita "in loco" dos principais pontos de visitação no município, que farão parte da agenda do evento em agosto de 2010, como também participaram de uma segunda Reunião de Trabalho na sede da SECULT, com o professor José Cícero e equipe; secretário de cultura do município.

Produção Cariri Cangaço
Gabriel Barbosa


4 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Manoel Severo,

É para mim, sempre motivo de alegria e contentamento receber notícias suas,um abnegado defensor da historiografia do cangaço no Nordeste Brasileiro. Hoje mesmo, tive o prazer de encaminhar ao nosso querido secretario de Cultura o abalizado professor José Cicero da Silva, o nosso "chanceler" do Sitio Salgadinho " Dão Caboclo " para os preparativos de aspresentação nas festividades alusivas ao Cariri Cangaço em Aurora.

A minha escolha recai pelo fato de este grupo do salgadinho usar costumeiramente "o rito" das disciplinas durante o trabalho - Penitentes -, dentro de minhas limitações, sempre procuro informar aos irmãos e repassar esta energia positiva e forte dos senhores.

Praza Deus ! esteja constando na programação visitas ao Auto de Canudos ( Nome da Igreja) Cemiterio da Bailarina ( Nome do estado) situado no sítio Carro Quebrado 15 km de distancia da sede ao leste, adicionada a Braúna Santa local de minha iniciação no dia 12 de abril, 1991, como também ao do irmão Lampião no dia 3 de junho, 1927. Sitio hoje, nominado Martins, porém com nome inicial de Emboscada de Lampião no Municipio de Aurora no Ceará.

Conversei longamente com o nosso embaixador Local professor José Cicero da Silva, cidadão de nossa inteira confiança, inclusive possui todo o acervo fotografico feito por ele e por Guy Veloso para exposição fé e febre na Alemanha e Franaça - Penitentes de Aurora..

A Conferencia do Professor José Cicero da Silva será um marco novo na historiaografia do Cangaço no Cariri, vez que de longas datas já publica a revista Aurora e, antes, já era um ativista cultural com norte neste assunto. E com total aprovação de seus trabalhos na forania da Santa Cruz em Aurora e hoje, graças a Deus No cariri, o fiel amigo da ordem já, inclusive, me confessou que durante a sua palestra será lançado o terceiro numero da revista Aurora - Motivo de alegria plena para nós - penitentes - e, creio toda a equipe do Cariri Cangaço que de forma democratica, organizada, com bases epistmologicas sólidas estão reescrevendo a verdadeira história para as futuras gerações que estão sempre, com certeza, com os olhos atentos e sedentos no mundo on -line.

Parabéns Grande Irmão!

Luiz Domingos de Luna

Lima Verde disse...

Caro Severo, vc é um danado mesmo, Aurora com certeza em muito engradecerá o Cariri Cangaço, e além dos lugares que o Sr Luiz Luna fala acima, não podemos deixar de visitar a Estação onde Isaias Arruda foi alvejado pelos Paulinos e ainda afamosoa fazenda Ipueiras.

Valeu grande Severo.Parabéns como sempre.

Fernando Lima Verde

Marilia e Rui disse...

Pessoal Isaias Arruda enfim era de Missão Velha ou Aurora?

Marília

Anônimo disse...

Prezada Marília,

Isaias Arruda era de tradicional família de Aurora, foi Delegado em Aurora e depois sob as bençãos do Padre Cícero foi recebido pelo Coronel Dantas em Missão Velha, daí cometeu sua primeira traição, traiu o Coronel Dantas, tomando a prefeitura de Missão Velha "a bala", logo depois foi eleito prefeito de Missão Velha e dai passou menos de anos prefeito de Missão Velha quando foi assassinado na estação de trem de Aurora.

Cordialmente,

Sátiro Mendonça - Fortaleza CE