O Coração do Velho Caipira de Poço Redondo



Minha gente querida, Severo, Dani e Gabriel

Deus escreve certo por linhas tortas. É um velho ditado. O que me aconteceu naquele dia em Angico foi um sinal superior para ainda mais ficarmos unidos e gratos. A atuação de Gabriel em relação ao cuidado com a minha pessoa não foi comum para os dias atuais, desse mundo sem amor. Fiquei com a impressão de que ele estava seguindo os ditames e a vontade dos bons espíritos que acompanham-no dia e noite.



 Gabriel Barbosa no Angico
"Simplesmente fantástico. A magia que envolve Angico é algo sobrenatural, não sei se por ter tanta história ligada ao lugar; na verdade me pareceu um  leito seco de rio, talvez igual a outros muitos do sertão; mas ali estava as cruzes que marcaram a morte de Lampião, foi ali que ele deu o último suspiro, ali conversou ou planejou alguma coisa pela última vez, isso tudo me deixou pasmo, e eu estava ali; no lugar do qual me acostumei a ouvir tanta história. Obrigado ao Jairo e ao Alcino pela aula, com certeza tenho que voltar outras vezes..." Gabriel Barbosa
 
Jairo Luiz, Alcino Costa e Gabriel Barbosa, no Angico

O meu espírito se alegra e fica feliz quando está perto dos espíritos de vocês e isto me traz uma grande felicidade.

Não tenho dúvidas, o Cariri Cangaço fará mais um retumbante sucesso. O seu espírito e o de Dani são os responsáveis por este grande êxito que vocês irão alcançar e são merecedores.

Use essa força espiritual que você carrega e faças com que as diferenças tolas entre muitos de nossos amigos possam acabar, e eles voltem a ser os irmãos que eram antigamente.

Tenho lido o que você tem escrito sobre coisas de minha vida. Muito obrigado, obrigado mesmo!


 Alcino Costa e Professora Ana Lúcia

Ana Lúcia, Danielle Esmeraldo, Kiko Monteiro e Alcino Costa, na busca da Lagoa do Mel

Gostei muito da foto ao lado de Aninha. Pena que eu em foto seja mais parecido com um monstro do que com um ser humano. Ser velho é uma terrível desgraça, rsrsrsrsrs.

Lí a nossa aventura pelos caminhos misteriosos da Lagoa do Mel. Ri muito. Foi maravilhoso.

Abraços e beijos em todos vocês.

Alcino
Alves Costa
O Caipira de Poço Redondo

6 comentários:

Anônimo disse...

Lindas a mensagem de Alcino, com certeza fruto de seu coração simples, como ele o é.
Seria muito bom se pudessemos mesmo ter a harmonia reinando entre os amigos e isso não deve ser ua utopia, todos devemos buscar isso.
muito obrigada a vocês.

bom dia.
Luciana Medeiros

Marcos Assunção disse...

O Mestre Alcino Costa é sem dúvidas um dos grandes escritores do cangaço, poderia até dizer a meu ver, ao lado do doutor Antonio Amaury, Sérgio Dantas e Pernambucano de Melo.

Seu livro sobre Lampião em Sergipe é imperdível, porque nos traz muitas histórias adjacentes, histórias de personagens que pouca gente conhece, e isso é muito enriquecedor.

Não tive ainda o prazer de cumprimentar Alcino, espero poder fazer isso em agosto no Juazeiro por ocasião do Cariri 2010.

Saudações,

Marcos Assunção.

Marilia e Rui disse...

Muito bom o comentário de Alcino,mas eu gostaria de perguntar ao nobre escritor, o que ainda existe de mistério no episódio do Angico, que ele defende em seu livro?
Será que já não se desventou tudo????????
Valeu
Marília

Anônimo disse...

Querido Alcino, você não é somente uma reserva moral de nosso Sertão do Baixo São Franciscom, mas é com toda certeza o maior ícone da cultura e da história regional.Tenho certeza que um dia sua querida Poço Redondo irá reconhecer o seu trabalho da forma que você merece, assim como o Brasil e o Mundo já faz algum tempo.Quanto ao Gabriel fiquei impressionado com este garoto , afinal são poucos jovens nos dias atuais que têm tamanho discernimento sobre assuntos que envolvem a nossa história.Um grande abraço a toda família Cariri Cangaço e espero está presente ema gosto/2010 junto a vocês.
Um grande abraço

Jairo Luiz Oliveira
ROTA DO CANGAÇO XINGÓ

Anônimo disse...

Prezado Jairo, que bom receber seu incentivo. Sempre temos falado de nossa estadia em Piranhas,espero o mais rápido possível voltar aí com meu pai.

muito obrigado pelas palavras.

Gabriel Batbosa

Narciso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.