O Vaqueiro Poeta do Distrito Federal


José Voltaire e José Peixoto Júnior

Há algum tempo fomos apresentados ao livro "Bom de Veras e Seus Irmãos", espetacular obra que nos traz a incrível história da vida e morte dos cangaceiros da Serra do Araripe, Irmãos Marcelinos: Bom de Veras, João Vinte Dois e Lua Branca. Ao iniciar a leitura, de pronto, nos transportamos como por mágica ao universo sertanejo do cariri cearense e da serra do Araripe da época do começo dos anos 20, tal a forma e o magnetismo emprestado ao texto pelo grande escritor José Peixoto Junior.

Peixoto Júnior, o "poeta vaqueiro", nasceu no Caririzinho, no lado pernambucano da Serra do Araripe; casou com Dona Mundinha, de tradicional família de Barbalha e está radicado em Brasília desde 1975; tivemos o privilégio de termos o relançamento de seu livro sobre Bom de Veras e seus Irmãos, na edição 2009 do Cariri Cangaço, quando o mesmo nos brindou com sua palestra sobre os Marcelinos.

 José Peixoto Junior

Pedro Barbosa e Peixoto Jr

Danielle, Severo, Rafaela, Pedro e Peixoto Junior

José Voltaire, Danielle, Peixoto Júnior e Severo

Neste sábado; agora a pouco; tivemos a satisfação de almoçar com esse grande poeta e escritor vaqueiro, aqui em Brasília. Peixoto Júnior ao lado filho, José Voltaire, nos ofereceu  um almoço no Restaurante Dom Francisco.Eu, Danielle, meu filho Pedro e minha nora Rafaela, passamos momentos muito agradáveis ao lado do grande amigo.

De conversa fácil, de riso sincero e um coração imenso, Peixoto Junior já confirmou sua presença, juntamente com o filho Voltaire, em nosso Cariri Cangaço 2010; fazendo uma ressalva: "Quer o mesmo rojão do ano passado! De manhã, tarde e noite!" mas já o tranquilizei, informando que durante as tardes teremos um pouco de descanso.

Peixoto me confidenciava; "Severo o mais incrível no Cariri Cangaço é sem dúvidas a reunião desta grande confraria de amigos, isso não tem preço". Antes de nos despedirmos, Peixoto me fez um pedido:"Já que você está em Brasília poderia convidar alguns políticos para o Cariri Cangaço, alguns deles possuem grande semelhança com os Cangaceiros!!!!" 

Vou pensar no assunto. Aceitamos sugestões.
Grande abraço amigo Paixoto, até agosto no Cariri Cangaço.

Manoel Severo.

4 comentários:

Anônimo disse...

Caro Manoel Severo, que bom!!!
Isso é muito importante para a valorização do evento!!
Parabéns pelo seu empenho, se considere um vencedor!!!
Abraços!!

Professora Célia Magalhães.

Marilia e Rui disse...

O livro de Peixoto Junior é espetacular, como diz o texto, nos sentimos dentro da história.
Pouca gente do Ceará e da região do cariri conhece a história dos cangaceiros marcelinos.
Esperamos poder visitar o alto do leitão neste cariri cangaço, uma vez que ano passado ficaram devendo.

obrigada
MARILIA LOPES

Anônimo disse...

Zé Peixoto é um desses matutos que se guarda no coração, valeu severo pela visita e por nos trazer mais um pouco deste grande poeta.

Lindomar Reinaldo , Barbalha-Ceara

Manoel Severo disse...

Professora Célia e Lindomar, muito obrigado.

Cara Marília e Rui, estamos nos esforçando para neste ano, com certeza irmos até o Alto do Leitão, 95% de confirmação.

Abraços,

Manoel Severo