Abram Alas para o Movimento Armorial Por:Manoel Severo


Quando falamos que o Cariri Cangaço é uma das construções coletivas mais exitosas dentro do conjunto de manifestações culturais nordestinas, estamos falando de um conjunto de pessoas; homens e mulheres; pesquisadores, escritores, artistas, produtores culturais, personagens apaixonados por nossa matriz cultural, enfim, que se unem não só em torno de um evento, mas, se unem em torno de um sentimento e a partir dali, olham na mesma direção.

Ao longo dos anos, além do Conselho Consultivo Alcino Alves Costa, hoje composto por 30 membros, pesquisadores notáveis de todo o Brasil; o Cariri Cangaço possui ainda uma imensidão de mais mil colaboradores de todo o Brasil, que ajudam a construir nossa história. Cada evento, cada movimento, cada ação, possui a alma de muitos desses heróis do sertão... Eles são os grandes responsáveis pelas diretrizes, pelo formato, pelas temáticas, enfim, assim vamos construindo, passo a passo o Cariri Cangaço.

Carlos Alberto, Camilo Lemos, Manoel Severo e Mucio Procópio

Nesta última semana, em mais uma oportunidade nos reunimos com companheiros de Cariri Cangaço, desta vez em Natal, Rio Grande do Norte; para nos debruçarmos sobre os desafios da Marca para o anos de 2017, 2018...enfim. Encontros como muitos outros anteriores e como muitos outros que irão se repetir pelos próximos quatro meses, em varias cidades do Brasil, na direção do planejamento de nossas próximas agendas.

No restaurante Mangai, de comida típica regional; Manoel Severo, Mucio Procópio, Carlos Alberto e Camilo Lemos; estivemos por longas horas compartilhando ideias sobre o desenvolvimento do Cariri Cangaço, as novas sedes e projetos como também os temas para os próximos anos. Naturalmente quando nos debruçamos sobre nosso principal objeto de paixão, a conversa flui sem tempo e sem compromisso, tornando o encontro de trabalho em algo simplesmente sensacional, uma noite preciosa...

Cariri Cangaço em noite de conversa em Natal

O Cariri Cangaço tem como temática principal o Cangaço, entretanto desde suas primeiras edições vem se configurando como um grande e dinâmico palco por onde se apresentam todas as faces desta maravilhosa historia e cultura nordestina: Cangaço, messianismo, coronelismo, religiosidade, enfim, como também todas as suas manifestações  através das artes; musica, dança, teatro, cinema, poesia, literatura, fotografia, escultura, pintura, cordel, cantoria...

Para 2017 e 2018, estamos nos dedicando a construir uma agenda que nos permita consolidar esse sentimento de fomento de todas essas manifestações. A chegada aos municípios de Exu, Serrita, Paulo Afonso, Delmiro Gouveia, e em nossas esperadas reedições em Floresta-Nazaré, Piranhas-Água Branca, Princesa Isabel, depois em nosso Ceará e ainda as ousadas empreitadas das capitais nordestinas; em principio João Pessoa e Teresina;, e da surpreendente Lisboa, haverão de tornar esse biênio que se aproxima em um momento verdadeiramente especial.


Uma das grandes novidades da agenda 2017/2018, será sem dúvidas a chegada em grande estilo do Movimento Armorial ao Cariri Cangaço. A espetacular Arte Armorial Brasileira, que se traduz no Movimento Armorial; nascido a partir do gênio incomparável de Ariano Suassuna e que como traço comum principal tem a ligação com o espírito mágico dos "folhetos" do Romanceiro Popular do Nordeste, a nossa sensacional Literatura de Cordel; se configura como uma das mais autenticas manifestações da verdadeira alma nordestina.

"A vida é a arte do encontro..." e estamos todos comprometidos em promover esse grande encontro entre o povo e sua origem , que passa e se fortalece necessariamente através de nossa cultura de raiz" comenta o curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo. Para o pesquisador Carlos Alberto "já era tempo do Cariri Cangaço abrir suas portas para o espetacular Movimento Armorial, a literatura de cordel, a musica de viola e rabeca, a xilogravura, os ferros de marcar gado, sem duvidas será sensacional".

Conselheiro Múcio Procópio e Manoel Severo

O Conselheiro Cariri Cangaço Múcio Procópio completa, "todos temos experiencias ricas quando se trata dessa cultura de raiz nordestina, o Cariri Cangaço presta um serviço importantíssimo na divulgação e preservação desse movimento". Para Ariano Suassuna "sendo "armorial" o conjunto de insígnias, brasões, estandartes e bandeiras de um povo, a heráldica é uma arte muito mais popular do que qualquer coisa. Desse modo, o nome adotado significou o desejo de ligação com essas heráldicas raízes culturais brasileiras." Camilo Lemos ressalta o esforço "de todos os que fazem o Cariri Cangaço na direção de fortalecer essa mesma cultura, isso é fenomenal."

Segundo Manoel Severo,"estaremos inaugurando neste 2017, algumas iniciativas ousadas e com certeza haveremos de trazer o  Movimento Armorial para dentro do Cariri Cangaço, começaremos com o "Ferro de Marcar Boi" e o "Cordel", acho que será muito bacana".

Manoel Severo
Curador do Cariri Cangaço

2 comentários:

Verluce Ferraz disse...

Cariri Cangaço - Essa é uma das páginas que leio com gosto e prazer. E agora com o Movimento Armorial merece cinco estrelas.

CARIRI CANGAÇO disse...

"Cada vez mais contundente, o Cariri Cangaço transforma-se mais ainda em uma CASA DE VERDADEIRA CULTURA NORDESTINA.
Como bem disse o confrade Carlos Alberto "... já era tempo do Cariri Cangaço abrir suas portas para o espetacular Movimento Armorial, a literatura de cordel, a musica de viola e rabeca, a xilogravura, os ferros de marcar gado, sem duvidas será sensacional".
O Nordeste respira e inspira cultura galego-portuguesa e lusitana medieval, combinando o trovadorismo ibérico com a música sertaneja e seus cordelistas. Na composição da cultura medieval ibérica e tradição sertaneja, vive a alma preciosa dos poetas, cantadores, sanfoneiros, tocadores de pífanos (Vejam a obra de ZABÉ DA LOCA no Youtube!) cordelistas, cantadores de feiras, artistas de rua, os embates de cantadores, das quais se vê influência clara na nossa cultura.
Tal movimento dentro do Cariri Cangaço por certo abrangerá todas as formas de expressões artísticas: música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura, entre outras expressões.
GRANDE AVANÇO CULTURAL!
Parabéns Manoel Severo Barbosa - Curador do CARIRI CANGAÇO - Estamos no rumo certo - Navegar é preciso..."
Raul Meneleu Mascarenhas - Conselheiro Cariri Cangaço