Piranhas e Trilogia Mais Esperada do Ano...


"Para se obter sucesso é preciso planejamento, garra, estratégia e acima de tudo abnegação. O compromisso do Cariri Cangaço é justamente o respeito pela nossa história, no seu resgate e na sua permanência viva", foi assim que o Conselheiro Cariri Cangaço, Celsinho Rodrigues definiu o ponta-pé inicial de mais este grande momento da Marca Cariri Cangaço, a Trilogia Delmiro-Água Branca-Piranhas, para o ano de 2017.

Piranhas, a mais bela de todo baixo São Francisco, a “Lapinha do Sertão” , tombada pelo Patrimônio Histórico, um dos maiores destinos turísticos do Brasil, às margens do Velho Chico se prepara para numa iniciativa ousada acolher pela quinta vez o Cariri Cangaço, numa edição sensacional, mostrando a força da integração regional na direção do fortalecimento da memoria, cultura e turismo, de forma planejada, organizada e numa realização conjunta das cidades e do Instituto Cariri do Brasil.

Elane Marques, Celsinho Rodrigues, Manoel Severo e Ingrid Rebouças
Num cenario deslumbrante, Piranhas se prepara para receber o Cariri Cangaço pela quinta vez.

Palco de significativos episódios da época do cangaço, Piranhas localizada no oeste do estado de Alagoas, tem uma população de 27 mil habitantes numa área de 407 mil km², é sem dúvidas uma das pérolas do turismo do baixo São Francisco, pela natureza exuberante, seu casario espetacularmente preservado e acima de tudo pelas benção do Rio São Francisco e a hospitalidade sem igual de seu povo.

Testemunhou os desafios do inicio da estrada de ferro na região, tornou-se ponto importante e vital para comercio regional, tanto ferroviário como fluvial, foi sede de volantes, ali viu Gato, um dos cruéis chefes do cangaço lampiônico perder a vida e foi dali que seu mais importante comandante, Tenente João Bezerra, saiu ao lado de Chico Ferreira para o último ato do Rei do Cangaço em Angico.

Celso Rodrigues: "Severo vocês são danado mesmo hein, não param não, é?!"
 Heldemar Garcia, Elane e Archimedes Marques, Celso e Celsinho Rodrigues

"Tem Boi no Pasto"... na verdade tem uma boiada. A Trilogia consolidada a partir da união e integração de Piranhas, Delmiro Gouveia e Água Branca realizando um ousado Cariri Cangaço entre os dias 7 e 10 de setembro, sem dúvidas promete inovar e fortalecer a ideia dos empreendimentos compartilhados, com planejamento e ações construídas pelo próprio consorcio e equipes.

Para o Curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo "é inegável a força destas três cidades, sem dúvidas, precisaríamos de muito tempo, muito tempo mesmo para explorar tudo o que precisa ser mostrado, mas o talento, o empenho e o compromisso das equipes, que vão dentro do possível trabalhar integradas, tendo a frente o Conselho do Cariri Cangaço, sem dúvidas nos permitem uma perspectiva extraordinária, em outras palavras, não dá para perder o Cariri Cangaço de setembro".

 Heldemar e Michelline Garcia
Ingrid Rebouças, Elane e Archimedes Marques, Michelline e Heldemar Garcia

Celsinho Rodrigues comenta: "Ainda estamos nos primeiros rounds, na verdade firmamos essa Trilogia agora mesmo, daí vamos sentar, coordenar as ideias e ações, porque cada cidade já tem mais ou menos pronta a sua programação, a partir de agora junto com a Patricia e o Edvaldo, vamos intensificar o dialogo e integrar os esforços, só digo uma coisa: Não percam !"

Heldemar Garcia, jornalista, especialista em Marketing
Assessor de Marketing Institucional do Cariri Cangaço
Piranhas, 26 de Fevereiro de 2017. 

Um comentário:

Unknown disse...

Sou de Brasília, gosto muito do assunto Cangaço, já estive em Piranhas, mas gostaria de conhecer um pouco mais a região e acho que se calhar de ser no mesmo período do Cariri Cangaço vai ser muito proveitoso. Espero que não haja mudança da data definida pois já estou começando a fazer os preparativos para a viagem.Um grande abraço a todos e espero poder conhecê-los.