Só apelando para pequena Maria de Pano...

.

Angico é o calcanhar de Aquiles do Cangaço, já dizia o amigo Paulo Britto, filho do principal protagonista da saga da famosa grota, João Bezerra... No Seminário de Paulo Afonso, Piranhas e Canindé tivemos "novamente e mais uma vez" a oportunidade de fazer a trilha do fatídico 28 de julho de 1938...


Alcino Costa olha em uma direção com seu "Mentiras e Mistérios", já Cesar Megale e Sabino Basseti nos trazem seu "Sua Morte Passa a Limpo"; e olham em outra direção. Ambos apesar de estarem olhando em duas direções, têm o mesmo objetivo: A construção e a perpetuação da verdade histórica.



Com certeza Sabino Bassetti e todos nós já aguardamos mais um capítulo dessa "sinfonia que o tempo teima em querer harmonizar". Logo após a Trilha ao Angico, Alcino Costa, Juliana Ischiara e Paulo Gastão assumiram o compromisso de seguirem com mais um desafio de Mentiras e Mistérios, tentando tirar a todos do fabuloso labirinto que o rei do Cangaço acabou por nos colocar a todos...
.

5 comentários:

José Mendes Pereira disse...

Parabéns aos seminaristas que participaram das comemorações dos cem anos da Rainha do Cangaço.
Com certeza foi uma linda e maravilhosa festa dos escritores, pesquisadores e curiosos.

José Mendes Pereira - Mossoró-RN

Demetrius Calvin disse...

Existem duas correntes de pensamento, uma confirma que ainda é necessário pesquisar mais sobre Angico; outra que confirma que já se esmiuçou tudo.

O que acho é que isso é muito bom para todos nós leitores e curiosos, principalmente quando há respeito entre as duas partes. Recentemente vimos de forma respeitosa e elegante um artigo do dr PAULO BRITTO, aqui mesmo neste blog do Cariri Cangaço.

Respeito esse que faltou aos escritores Sabino e Carlos Megale, em seu ultimo trabalho LAMPIAO sua morte passada a limpo; um livro muito bom e muito bem escrito, sério, mas que me causou estranheza a forma DEBOCHADA e DESRESPEITOSA com que trataram todos aqueles que não concordam com suas teses, e eu me incluo entre esses que acha que ainda poderíamos pesquisar mais, mesmo sendo um mero leitor e curioso, e esse respeito para com os leitores faltou aos escritores Sabino e Cesar Megale, quando usaram adjetivos como OBTUSOS, CONSPIRADORES, ETC, acho que houve uma deselegãncia, uma grosseria, beirando a falta de educação para com muitos leitores e até pesquisadores que ainda pensam diferente deles, É lamentável.

Deveríamos construir a pesquisa com seriedade e respeito entre as versões, e isso faltou aos autores, gostaria de registrar meu descontentamento e tenho certeza que falo por muito leitores. Fomos tratados como pessoas incapazes de ter pensamento próprio ou mesmo poder de discernimento. Respeito tem que haver, foi lamentável as citações do referido trabalho de Sabino e Cesar Megale.

DEMETRIUS CALVIN
Meu email: demcalvin@gmail.com
End: Av. Pres. Epitácio Pessoa,
Estados, João Pessoa - PB
Visinho da Auto Escola Rainha da Paz.

CARIRI CANGAÇO disse...

Caro Zé Mendes é sempre um prazer receber seus comentários.

Caro Demétrius, não tenho procuração para representar os senhores escritores Cesar Megale e Sabino Bassetti, mas conhecendo como conheço a ambos, gostaria de pontuar que mesmo compeendendo suas colocações, tenho absoluta certeza que o amigo fez uma interpretação equivocada do que os autores colocaram; pois se tratam de dois pesquisadores extremamente sérios, éticos e que jamais poderiam , nem de longe, pensar em ser desrespeitoso ou deselgante com quem quer que seja. Espero que o amigo possa compreender.

Respeitosamente,

Manoel Severo

NETO disse...

Meus parabéns à todos pesquisadores e escritores que fazem parte do cangaço, e que buscam o máximo para buscar a verdade e desvendar os mistérios de angicos.

Gostaria de tirá algumas dúvidas a respeito desse grande mistério, que envolve Virgulino o Lampião: Segundo alguns escritores Lampião era um grande extratergista, e a grota de angicos era de defícel acesso, então porque se deixou pegar de surpresa?
Sempre quando o bando acampavam, os sentilenas ficavam de guarda, nesse dia estavam? se não, porque Lampião resolveu dispensa-los?
A volante chegou tão perto sem ninguem perceber que os tiros pegou Lampião e Maria Bonita de cheio? sem falar dos cachorros que os cangaceiros tinham?
Segundo alguns pesquisadores, o comandante da volante que os exterminaram, era um dos fornecedores de armas para o bando?
Se ele fornecia armas para Lampião, porque resolveu traí-lo? O que ele ganharia como essa armação para matar à todos do bando, principalmente o chefe?
Inclusive na época os governos ofereciam uma recompensa para captura-lo vivo ou morto, então se a volante tinha cercado o bando, porque não captura-lo vivo?
Será que essa armação não foi queima de arquivo?
Os cangaceiros sobreviventes falaram realmente tudo o que sabiam?
E o homem que dizem que morreu no ano de 1993 na cidade de Buritis/MG, com 96 anos, segundo o escritor, seria Lampião?

Por favor responder para meu Email: netosilva_01@yahoo.com.br

Bruno Tavares disse...

Nossa Mae de Deus. Isso nao tem fim. Os caras dao um duro medonho e ainda levam pancada? Se faz um trabalho serio e ja se forma uma turma para organizar uma ofensiva em contrario, como vemos na foto? Parece mais competicao que estudo serio. Muito triste isso.
Abraco
Bruno