A Maria Bonita de Dalinha Catunda.

.
Dalinha Catunda e Rosário Pinto, as criadoras do "cordel de saias"

Olá, Manoel Severo, sou apaixonada pelas histórias do cangaço e mais tenho aprendido visitando seu espaço. Estou enviando estes versos que fiz para Maria Bonita e gostaria de compartilhar com a família Cariri Cangaço.
Rainha do Cangaço

Maria Déa Nasceu
No dia oito de março,
Não era igual às outras,
E um dia sem embaraço,
Juntou-se a Lampião,
E foi viver no cangaço.

Virou Maria Bonita,
Parceira de Lampião
Deixou a vida pacata
Para viver sua paixão
Entregou a Virgulino
Sem medo seu coração.

Saiu pelas caatingas
Fazendo vadiação.
Era mulher corajosa,
Usava arma na mão.
Foi rainha do cangaço,
Seu rei era lampião.

Em meio à violência,
Teve fim aquele amor.
Lampião foi alvejado
Num combate de horror,
Tantos tiros pipocaram
Que o lampião apagou.

Maria vendo a desgraça,
Correu para socorrer.
Mas também foi baleada
E acabou por morrer,
Nos braços de lampião
Seu eterno bem-querer.

Virgulino e seu bando
Tiveram um triste final
Após a morte, degolados
Num macabro ritual
E o fim de Maria Bonita,
Não deixou de ser igual.

Salve Maria Bonita,
E sua cumplicidade.
Mulher de atitude
Buscando felicidade.
Amou e foi amada,
Apesar da brutalidade. 

Dalinha Catunda

NOTA CARIRI CANGAÇO: Dalinha Catunda juntamente com a cordelista Rosário Pinto são as responsáveis pelo espetacular blog "cordel de saia"; hoje Dalinha, de forma muito gentil e amável, nos presenteia com seu talento homenageando a Rainha do Cangaço. Convido a todos a visitarem e se deliciarem com o blog das amigas  Dalinha e Rosário : 

.

7 comentários:

Anônimo disse...

Parabens a Dalinha Catunda esta grande representante do cordel em nosso País, saõ mulheres como você que se faz a diferença, parabens.

Margarida Honorato
Rio de Janeiro

Anônimo disse...

Caro Manoel Severo, que satisfação "assistir" no palco iluminado do Cariri Cangaço, essa aparição poética da nossa querida Dalinha versejando sobre a Rainha do Cangaço.

Parabéns a Dalinha e grata a você, amigo Manoel Severo, pela valorização e divulgação da nossa cultura.
Abraços.

Josenir Lacerda e Miguel

Helio disse...

Parabens a cordelista Dalinha Catunda, que possamos sempre contar com as defensoras de nossa cultura popular.

Professor Mario Helio

Rosário Pinto disse...

Olá, Manoel Severo,
Cá do Cariri Cangaço,
Sua amizade é bem vinda.
A força do seu espaço,
O estímulo insentiva,
Sua resposta é aditiva.
Fica aqui o nosso abraço.

Obrigada pelo apoio,
Rosário Pinto

Urbano Reis disse...

Bacana ver o talento da mulher do nosso nordeste. valeu, visitei o blog cordel de saia e adorei.

Urbano Reis

Dalinha Catunda disse...

Amigos,
Obrigada pelos comentários. Moro no Rio de Janeiro mas tenho paixão pelo Ceará. Minha Maior satisfação é exercitar e divulgar nossa cultura.
Mesmo morando no Rio tenho minha casa no Ceará onde passo temporadas.
Meu carinho e meu abraço a todos,
Dalinha Catunda

CARIRI CANGAÇO disse...

Dalinha e Rosário, venham sempre, a casa é de vocês.

Manoel Severo